quinta-feira, 23 de outubro de 2008

Reflexões sobre meu blog

Meu amigo, o prof. Maurício Pinheiro, pediu que eu comentasse meu blog para o Encontro Anual de Extensão da PUC-Campinas, onde ele fala sobre novas tecnologias etc. Aproveito para comentar algo que interesse a todos e todas que leem este espaço.
Comecei o blog em 17 de setembro de 2007 e já postei 142 vezes (com essa). Aí embaixo estou eu, escrevendo no meu apartamento de Sampa.

Um blog é a versão virtual do antigo diário, só que esse era confidencial, escondido e o blog é aberto a todo mundo. Quais são suas vantagens?
Liberdade. Quando publico um livro ou um artigo em jornal, revista ou site, tenho que respeitar uma linha editorial, ser mais formal etc. No blog não. Opino, ilustro e fotografo o que eu quero. E o mais importante: eu mesmo pesquiso, escrevo, edito e publico. E posso alterar as versões, corrigindo, eliminando ou inserindo coisas ao meu gosto e prazer.
Rapidez. Quando dou palestras, em geral faço uma pequena matéria a respeito, com fotos. Então a pessoa me vê e ouve num dia e à noite (ou no dia seguinte) lê minha versão do evento. Amanhã vou para Itu. No sábado você saberá o que fui fazer, como foi etc.
Informalidade. Um blog legal não tem frescuras, formalidades ou rapapés ignóbeis.
Humor. É fundamental, né? Aliás, faixa numa avenida de São Paulo: "Marta, se perder as eleições, relaxa e goza!"
Prazer. Quando escrevo profissionalmente, bem, é profissional. Mas aqui é por puro prazer de escrever o que me dá na telha. De ser hiper-moderno (ou pós). De guardar num lugar público coisas que me são significativas e que podem ser compartilhadas. É meu show de Truman particular, minha mônada de contato no hiperespaço. Meu hub virtual. E este prazer está ligado à diversão, informação. liberdade, informalidade, humor, tudo on line.
Keep in touch. Contato humano é fundamental. Mesmo sendo à distância. Não tem problema de ser virtual, antigamente as epístolas, cartas em geral e telegramas eram distantes e demoravam para chegar e ser respondidas. O blog é rápido. Já chegou. Gostou? Quer interagir? Vai fundo, é fácil e rápido. No meu caso, que escrevo e dou aulas, meus alunos e leitores podem me conhecer em um espaço mais livre, leve e solto. Aliás, um e-mail ou postagem pode ser tão charmoso quanto uma velha e boa carta. Eu disse charmoso e, talvez, romântico. Nada de auto-ajuda, coisas melosas ou mensagens pretensamente edificantes e genuinamente jecas.
Informação. Aquilo que eu acho importante posso divulgar. Ou criar. Meu grupo de contatos pode estar sempre on line comigo, de maneira mais solta. Por exemplo, vocês sabiam que o Alexandre Panosso e eu acabamos de terminar um novo livro sobre os cenários do turismo atual? Vocês estão sabendo em primeira mão. Em breve será publicado, com capítulos sobre o que há de mais atual no pedaço. Mais informação? Em janeiro farei uma viagem ao extremo sul do Chile, nos lugares mais inacessíveis do emaranhado de ilhas, lagos e fiordes que devem ser vistos com o espírito aberto e um copo de vinho na mão. Por último: Grande abraço à turma da PUC-Campinas. Qualquer dia eu posto as fotos que tenho dos tempos em que era aluno de turismo e da filosofia. E conto das festas que organizamos no Páteo dos Leões quando era do centro acadêmico da Filo. Até Dom Gilberto se lembra...

4 comentários:

Carol Rezende disse...

Olá ^^
Estava na sua palestra ontem no Ceunsp em Itu. Não podia deixar de parabenizá-lo. Realmente foi uma ótima palestra.
Me ajudou além das minhas expectativas. Pode parecer um pouco pedante mas na minha volta a minha vida social virtual meu primeiro post foi dedicado a você... dá uma passadinha por lá, e me diz o que achou.
Adorei o blog!
Até mais ^^

mauricio disse...

Existem várias definições para um blog, assim como, exitem várias palavras para classificar esse meu amigo "blogueiro". Por isso, vou aproveitar o seu post e reafirmar: liberdade, rapidez, infomalidade Humor e (muito) prazer não são apenas características de seus posts. São palavras marcantes de sua personalidade. E se ele diz que tem boas histórias sobre seus tempos de PUC-Campinas, aguardem dois ou três livro de boas gargalhadas.
até...

Gui disse...

Trigo, seu blog está delicioso... Toda semana venho aqui dar uma espiada. Você devia cobrar para as pessoas se divertirem e se manterem bem informadas visitando este seu espaço na web.
Aloha, Gui Lohmann

Jaqui disse...

Trigo!!

O que é um blog?
É sim concordo nas características que você propôs no seu post, mas ainda acrescento que um blog é, como você também disse um ´diário aberto, e público. E acho que através dele podemos, além de postar informações que julgamos relevantes, mas também dá a sua opinião e refletir sobre um assunto,sem nenhuma censura...
Isso que é a essência!!, se alguém via lê-la, não sei, mas acho que a opinião/ reflexão e informação sobre algo, é uma herança que se deixa ao mundo, claro que pode despertar uma maior interesse em alguém e não refletir em nada para outra pessoa, mas é ae que tá, esse mundo tão heterogêneo, e convenhamos que ainda bem!!

Muito legals seu blog, sou uma leitora-fã dos seus posts, Parabéns!

Até mais na USP- lost/leste