quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Eventos internacionais no Brasil: uma lista de 2011 a 2018

As pessoas estão animadas com os megaeventos que virão para o Brasil, mas se observarem os números futuros ficarão mais festivas. Não é só de Copa do Mundo, Olimpíadas ou torneios esportivos que turbinam a economia brasileira. Perguntei à Embratur quais os eventos previstos para o país e fui prontamente atendido pela Ana Carolina Silva Moreira, da Gerência de Congressos, Negócios e Incentivo (Diretoria de Produtos e Destinos) que enviou a lista dos eventos para os próximos anos.


Atenção: a lista não está completa porque a prospecção e captação dos eventos é feita permanentemente, tanto pela Embratur como pelos Conventions Bureaus de São Paulo e Rio de Janeiro (os maiores destinos de eventos do país), Brasília, Porto Alegre, Recife e Salvador... Ao final de cada ano a Embratur e a ICCA (International Congress and Convention Association) consolidam os números.



Este blog publica com exclusividade os 72 eventos - até agora confirmados - que agitarão o país nos próximos anos:


2011 – 14º Congresso Mundial da Federação Internacional de Patologia Cervical e Colposcopia – Salvador, BA

2011 – 39ª Conferência Mundial de Escotismo – Curitiba, PR

2011 – 11º Fórum Mundial de Jovens Escoteiros – Florianópolis, SC

2011 – Congresso Mundial de Recursos Hídricos – Recife, PE

2011 – Encontro da Federação mundial de Sociedades Neurocirúrgicas – Recife, PE

2011 – CITA – International Motor Vehicle Inspection Committee – local a confirmar

2011 – 9ª Conferência da Sociedade Internacional de Biologia de Sementes – Salvador, BA

2011 – Conferência Internacional em Pragas Urbanas – São Paulo, SP

2011 – International Towing Tank Conference (diques secos) – Rio de Janeiro, RJ

2011 – Academia de Materiais Odontológicos – São Paulo, SP

2011 – ISCAS Circuits and Systems – Rio de Janeiro, RJ

2011 – VIX ALANEPE – São Paulo, SP

2011 – IX Congresso Latinoamericano de Terapia Ocupacional – Recife, PE

2011 – 16th  International Symposium on Health-Related Water Microbiology – Watermicro 2011 – Florianópolis, SC

2011 – 18th  International Conference on Medical Phisics – Porto Alegre, RS

2011 – 21th  EASD Islet Study Group Symposium – Natal, RN

2011 – World Forum on Early Care and Education – São Paulo, SP

2011 – APCOM – Aplication of Computers and Operation Research in Mineral Industries – Porto Alegre, RS

2011 – VI Congresso Internacional das Cidades Santuários – Aparecida, SP

2011 – JCI (Junior Chamber International) - Conference of the Américas – Porto Alegre, RS

2011 – V Congreso ALACCSA del Hemisferio Sur – Rio de Janeiro, RJ

2011 – 5º CISM Jogos Mundiais Militares – Rio de Janeiro, RJ

2012 – XXIV World´s Poultry Congress – Salvador, BA

2012 – 18th Congress of the International Ergonomics Association, IEA – Recife, PE

2012 – General Session & Exhibition of the International Association for Dental Research, IADR – Rio de Janeiro, RJ

2012 – XVI World Congress of Food Science and Technology – Salvador, BA

2010 – World Congress Computational Mechanics – São Paulo, SP

2012 – International Brick and Block Masonry – Florianópolis, SC

2012 – 10th WCCM – World Congress of Computational Mechanics – São Paulo, SP

2012 – World Convention of Churches of Christ – Goiania, GO

2012 – 10th International Conference on Goats (cabras) – Recife, PE

2012 – 22nd International Conference on Chemical Thermodinamics – Búzios, RJ

2012 – 19th World Congress on Medical Law – Maceió, AL

2012 – Congress of the World Federation of Building Services Constructors – Curitiba, PR

2012 – International Conference on Offshore Mechanics and Arctic Engineering,  OMAE – Rio de Janeiro, RJ

2012 – International Congress on Cell Biology – Rio de Janeiro, RJ

2012 – NO DIG – Conference of the International Society for Trenchless Technology – São Paulo, SP

2012 – World Stroke Congress – Brasília, DF

2012 – 6th World Water Forum – Porto Alegre, RS

2012 – IABA – Inter-American Bar Association Conference – Rio de Janeiro, RJ

2012 – FLAGBLAST – International Symposium on Rock Fragmentation by Blasting – Porto Alegre, RS

2012 – Congresso de Fisiologia e Farmacologia da Termorregulação e Febre – Ribeirão Preto, SP

2012 – Encontro Anual da Associação de Biologia Tropical e Conservação ATBC – Bonito/Campo Grande, MS

2012 – IGLTA (International Gay and Lesbian Tourism Association) Annual Convention – Florianópolis, SC

2012 – Annual Meeting of the International Society for Magnetic Resonance and ISMRM Scientific Meeting and Exhibition – Rio de Janeiro, RJ

2012 - Campeonato Mundial de Atletismo Masters –

2013 – International Conference on the Teaching of Mathematicals Modelling and Aplications – ICTMA 14 – Blumenau, SC

2013 – WorldLeish – World Congress on Leishmania and Leishimaniasis – local a confirmar

2013 – International Clay Conference – ICC – Rio de Janeiro, RJ

2013 – XXXIV Interamerican Congress of Psychology – Brasília, DF

2013 – General Conference of the International Council of Museums (ICOM) – Rio de Janeiro, RJ

2013 – XX World Master Athletic Championship Stadia – Porto Alegre, RS

2013 – Congress of the Trim and Fitness International Sport for All – TAFISA – São Paulo, SP

2013 – II Encontro Latino Americano de Intérpretes de Línguas de Sinais – Febrapils – São Paulo, SP

2013 – LESI (Licensing Executives Society) Annual Conference – Rio de Janeiro, RJ

2013 – WAS (World Association of Sexology) World Congress – Rio de Janeiro, RJ

2013 – XIV Joint Meeting IPITA-IXA (International Diabetis Federation) – Recife, PE

2013 – IV Congreso de la Asociación Ibero Latinoamericana de Terapia Radiante  y Oncológica – ALATRO – São Paulo, SP

2013 – International Conference on General Relativity and Gravitation – GR – São Paulo, SP

2013 - Copa das Confederações FIFA – locais a decidir

2014 – 26th World Congress of the International Society of Orthopaedic Surgery and Traumatology – SICOT – São Paulo, SP

2014 – World Congress on Endometriosis – São Paulo, SP

2014 – ISWA (International Solid Waste Association) World Congress – São Paulo, SP

2014 – Congresso da International Society for Sexual Medicine – São Paulo, SP

2014 - Copa do Mundo FIFA – Belo Horizonte, Brasília, Cuiabá, Curitiba, Fortaleza, Manaus, Natal, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador, São Paulo

2015 – Annual Convention of Rotary International – São Paulo, SP

2015 – XV Congresso Latino Americano de Infectologia Pediátrica – São Paulo, SP

2015 – World Congress on Medical Physics and Biomedical Engineering – Recife, PE

2015 – International Conference on Oral and Maxillofacial Surgery – ICOMS – Rio de Janeiro, RJ

2016 – 13º International Citrus Congress – Londrina, PR

2016 - Jogos Olímpicos e Para Olímpicos - Rio de Janeiro

2018 – World Soil Science Congress – Rio de Janeiro


Evolução dos Eventos no Brasil

O Brasil está em sétimo lugar no ranking internacional da ICCA (International Congress and Convention Association), em um total de 86 países, atrás apenas dos Estados Unidos (595 eventos, em 2009), Alemanha, Espanha, Itália, Reino Unido e França. Observe a tabela abaixo:


ANO    EVENTOS no Brasil

2000 – 124
2001 – 105
2002 – 107
2003 – 128
2004 – 161
2005 – 186
2006 – 231
2007 – 223
2008 – 255
2009 - 293


Consulte o site da ICCA através do link acima e leia (em inglês) o relatório sobre o perfil, tendências e cenários dos eventos no mundo.

Para terminar o post, deixo a declaração exclusiva de Eduardo Sanovicz, ex-presidente da Embratur, atualmente membro do Conselho da Reed Exhibitions Alcântara Machado, um dos maiores promotores de eventos do mundo, e professor da EACH-USP:

“No que diz respeito aos segmentos de negócios de eventos, pouco menos de 8 anos depois da implantação dos novos programas de busca e captação realizados pela Embratur, o setor de turismo de negócios já esta do tamanho da economia brasileira e isso gera parte importante dos bilhões de dólares em turismo que entram no país. As contas ainda estão pendentes quando falamos do segmento lazer, porque o turismo de lazer ainda não está a altura da economia brasileira, portanto os eventos podem ajudar significativamente a área como um todo. As grandes novidades nesses últimos dez anos foram o investimento maciço em negócios e eventos e a implantação da conectividade aérea entre Europa e EUA para o Norte, Nordeste e Centro Oeste do Brasil. Foram ações estratégicas.”

Os próximos anos prometem, precisamos preparar os recursos humanos e a infra-estrutura para deixarmos uma imagem cada vez melhor aos nossos visitantes e para nossa própria população que merece simplesmente o melhor.

.

2 comentários:

rodrigovmachado disse...

Caro Prof. Trigo.
O cidadão brasileiro deve ficar extremamente satisfeito com o incremento no número de eventos internacionais que aportam no nosso país. Não podemos esquecer dos eventos regionais, que movimentam a economia local e geram muitos empregos. falo isso pois sou profissional da área e vivo viajando pelo país em feiras e exibições, congressos e encontros ligados a vários setores da economia. porém, vejo que o setor de eventos e o trade local devem se preparar e se profissionalizar para operar com qualidade a logística dos grandes eventos. Vivencio a falta de hospedagem pelo interior do Brasil, a exploração (no sentido financeiro da palavra) da sazonalidade que o setor emprega, e principalmente falta de mão de obra qualificada para operar em várias vertentes importantes que o setor demanda.
Devemos abrir os olhos. Fornecer subsídio para que o setor se profissionalize cada vez mais, fazendo que o serviço prestado nos eventos (em todas as frentes) encantem os visitantes, e façam com que eles tenham o desejo de ficar mais dias no local/pais, ou retornar um dia a lazer. E é claro contribuindo para gerar o buzz positivo do Brasil como grande player muudial no setor de eventos - como receptivo e com grande capacidade operackonal.

Um abraço

Rodrigo Machado
Turismólogo desde 2001.

vendraminimachado@bol.com.br

Luiz Trigo disse...

Rodrigo, concordo com você. Esses grandes eventos internacionais devem ter como uma das consequencias previstas o repasse de conhecimento e metodologia para aperfeiçoar as iniciativas regionais e mais localizadas.