segunda-feira, 9 de março de 2009

Luiz Trigo - Os melhores momentos em 50 anos (2)

Na postagem de hoje temos fotos de meus tempos da Abreutur São Paulo e uma foto bem mais antiga. Clique nas fotos para ampliá-las.

Janeiro de 1980. Porto de Samtos. A equipe da Abreu espera o navio Funchal. Da esquerda para a direita: esposa do Darci, Darci (auditor), Laís (guia), Matias (diretor da Abreu SP), Carlos Alberto (futuro diretor, depois saiu e e atualmente está nos EUA), Rony (responsável pelos roteiros de longo curso), eu e Osvaldo Ramos (emissor e guia, um dos caras mais divertidos que conheci e hoje deve estar causando no céu).
Essa foto foi tirada em 1966, em frente à porta do Colégio Sagrado Coração de Jesus, em Campinas, na época na rua José Paulino, no centro da cidade. Minha mãe lá estudou e eu fui a segunda geração no colégio. Eu sou o segundo, da esquerda para a direita, da fila de baixo. Quem me deu essa foto, com dedicatória e tudo, foi o Claúdio Menegazzi, hoje padre e reitor do seminário diocesano de teologia da Arquidiocese de Campinas (ele é o primeiro à direita, na fila de cima). E tem o nome dos moleques datilografado no verso da foto (de cima para baixo, da esq. para dir.): Roberto, Marco Antonio Xavier de Souza, Vito Antonio, Alvaro Luiz, Claudio Z. Menegazzi, José B. Mendes Jr., Luiz G. G. Trigo, Michel, Eduardo J. Farah Filho e Henry Salim.

Feverero de 1981, ao lado do navio Funchal, no porto de Buenos Aires, Darsena A. Eu era do staff de bordo do navio e emissor internacional da operadora Abretur S.A., em São Paulo. Comecei na Abreu em abril de 1979 e fiquei até o final de 1987, quando fui para a PUC-Campinas (1988-2006). Haverá postagens específicas com as festas e farras no Funchal.

Essa foto foi em 1980 ou 1981. Eu, meu pai (tomando sorvete) e a Maria Clara na Ciudad de los Niños, perto de Buenos Aires. Aquela camiseta verde eu trouxe do Tahiti quando fiz a volta ao mundo com a Abreu, em julho de 1980. Numa postagem anterior, de março de 2009, está a formatura do filho da Maria Clara, o Diego, que na época nem estava em projeto.


Essa foi minha festa de 21 anos, em abril de 1980. Aí está parte da turma da Abreu São Paulo. Na extremidade da mesa, à esquerda, está o José Laureano Matias, com sua esposa ao lado. Em frente está a Rony Yoshikawa, o cérebro por trás da organização das viagens de longo curso (Ásia, Pacífico, África, Orente Médio), numa época em que só existiam computadores nas companhias aéreas. Depois está o Oswaldo Martins (já aosentado), o Arthur Abreu (um dos donos, hoje em Lisboa) e a morena é a Wanda. Não era fácil operar naquela época, tudo era feito com lápis, régua, papel, máquina de escrever, telex e outros artefatos rudimentares. Mas foi uma bela festa com quase todo mundo da operadora, o que era sempre diversão e muitas risadas garantidas. Aprendi a beber decentemente com o Matias. De vez em quando íamos na churrascaria Farroupilha, perto da Abeu que ficava na esquina da Rua Ipiranga com av. São João. A churrascaria já fechou, Matias e Osvaldo Ramos já morreram e o resto da turma está por aí.

Nessa época (1980) minha prima, Mara, tinha se casado com o Jorn e estavam morando em Buenos Aires. Aí estou eu (esquerda), em um dia de folga no Funchal, curtindo o barco que eles tinham. Fui várias vezes à casa da Mara e do Jorn em BUE, atualmente eles moram em Sampa.
Na próxima postagem, cenas da vida a bordo do Funchal.

3 comentários:

marycler disse...

ESTOU VIAJANDO NO TEMPO COM VC!!!
QUE SAUDADES!!! TIVEMOS A OPORTUNIDADE DE VIVER MUITO BEM E APRENDER MUITO COM ESSA EQUIPE!!!
E QUANTOS JÁ SE FORAM....

Max disse...

que ano foi essa foto luiz?

Luiz Trigo disse...

oi Max, 1981 ou 1982, vc tinha dois anos. Sua mãe sabe com certeza.