segunda-feira, 2 de maio de 2011

Congratulations Obama!

Um dos símbolos do obscurantismo, ligado ao fundamentalismo religioso, Osama Bin Laden, foi morto nesse domingo. Todos os fundamentalismos religiosos (islâmico, cristão, judaico) são nefastos e perniciosos, todos pregam a morte, a tortura e uma "verdade" distorcida que vai contra a liberdade, a diversidade e a democracia.


Para aqueles que querem a paz e um mundo melhor, a morte do líder da Al Qaeda representa um avanço na luta contra o terror, apesar da organização continuar estruturada. Mas a morte de um símbolo do mal é muito importante.


Barack Obama mostrou capacidade de gestão e articulação política e militar para atingir o alvo escondido em uma mansão no Paquistão com precisão cirúrgica, rapidez e eficiência. Agora é esperar que algum autor como Frederick Forsyth ou Tom Clancy descrevam com detalhes essa operação militar que encerra mais um capítulo, dez anos após os atentados de setembro de 2001, da luta contra o terrorismo fundamentalista. Que o mundo melhore e os extremistas de todas religiões e ideologias entendam que a convivência no planeta depende de liberdade, justiça e solidariedade.

Por ora, congratulations Obama!

Um comentário:

Sylvana K. Marques disse...

Sim Professor,concordo plenamente com você, acredito que há a necessidade de fazer ritualmente a justiça, afinal o terror, o fundamentalismo, as doutrinas são germes.
Mas tbm, de alguma maneira, alguma coisa nessa história muito me incomoda, não vejo uma dmeocracia em seu sentido real do modo que as coisas tiveram o desfecho, não sei! Claro que Osama era uma semente malígna, mas penso que mesmo que tivesse sido dada a pena de morte a ele, como foi, antes ele deveria ter direito a algum tipo de fala! Não sei...Vamos ver mais as frente os riscos desse desfecho...
Um grande abraço... beijos mil