quinta-feira, 23 de julho de 2009

Phuket, Thailand

Postado em Bangkok (teclado sem acento)
Fotos: Luiz G. G. Trigo

A ilha de Phuket esta a uns 650 km ao sul de Bangkok, no lado do Oceano Indico. A cidade com o mesmo nome (Phuket) nao e um destino turistico, mas sim outras cidades e praias com resorts mais sofisticados.

A vida noturna agitada fica em Patong.


Durante o dia a praia oferece uma infra-estrutura variada: jet-ski, para-quedas, banana boat, cadeiras com guarda-sol, vendedores de tudo o que se possa imaginar, inclusive aloa vera (nossa babosa), uma planta que as mulheres trazem geladinha, raspam e passam a gosma em nossos corpos para refrescar do sol. A gente fica como que saindo da placenta logo depois da dose, mas sai facil na agua do mar.

Ao inicio da noite as ruas se iluminam e a farra se forma.

Uma das ruas fica interditada para carros e os turistas se jogam nas compras, restaurantes, bares e discotecas.

Ha varios passeios para as ilhas Phi Phi (nao fui) e a famigerada ilha de James Bond (acima), do filme Goldfinger. Nessa eu fui, em um passeio que tambem visita uma caverna com um rio subterraneo com morcegos no teto, uma gruta budista com macaquinhos e uma vila imensa sobre palafitas de concreto onde vive uma comunidade predominantemente islamica (num pais predominantemente budista).

As ilhas lembram a regiao vietnamita que visitamos no inicio da viagem, porem sao menos numerosas e com topografia mais suave, apesar de igualmente bonitas.


O dia 26 de dezembro de 2004 foi uma data triste por causa do tsunami que matou dezenas de milhares de pessoas na regiao. No nosso hotel (Mercure Patong) uma placa indica o caminho a seguir no improvavel caso de uma segunda tragedia desse tipo.

Fonte e piscina do Mercure Patong, com bar molhado, jacuzzi, cascatas e otimo atendimento. Quanto custa? Se voce tiver 0 Accor Club (qualquer um pode, acessando o www.a-club.com ) encontra tarifas a US$ 25,00 a diaria, o apartamento.
Sim, apenas R$ 50,00 por dia. O Ibis Patong e ainda mais barato.

Tiger, nome da cerveja muito comum na area e nome de uma disco famosa de Patong.



O tanque de lagostas mostra tambem quanto custa o prato: 250,00 baths cada 100 gramas. 2.500,00 o quilo, para servir minimamente duas pessoas. Um jantar legal sai por uns 400,00 baths (com cerveja), cerca de US$ 13,00. Se nao tomar cerveja e nao comer muito da para diminuir para uns 150 baths.


Na volta para Bangkok encontrei um grande e velho companheiro, o Boeing 747-400, o Jumbo (da Thai Airlines). Fazia tempo que nao voava com um deles, desde os tempos da Pan Am (nossa!!!) e da finada Varig. Era o maior jato comercial do mundo, hoje e o Airbus 380, mas o Jumbo ainda impressiona. Note o tamanho da asa comparado com os dois helicopteros estacionados ao lado da pista.

Decolando de Phuket, rumo a Bangkok, novamente.



A aeroporto de Bangkok possui, em sua area interna, esses jardins com um templo budista. Belo e singelo.

Os trens, terminais ferroviarios, rodoviarios e aeroportos possuem areas privativas para os monges budistas.

As manifestacoes de respeito e misticismo budista aparecem em todos os lugares publicos (assim como as fotos do Rei e da Rainha). Esse belo templo acima...

... esta ao lado do estacionamento do Ibis Sathorn, em Bangkok. No Novotel Fortune tambem havia um templo, assim como na grande maioria de lugares publicos.


A Accor, muito corretamente, possui politicas ambientais e sociais, como o combate ao turismo sexual infantil, um problema na Tailandia, no Brasil e na Europa Oriental.

Esta vendo o simbolo da ECPAT, ao lado do simbolo da Accor? Visitei o escritorio deles em Bangkok. Depois eu conto e explico o que significa.

5 comentários:

kleber disse...

Prof. Trigo na próxima viagem eu vou com vocês uahuahau. As fotos estão exelentes! Abrç.

Confraria Rei Netuno disse...

TRIGO, meu filho. Parabéns ao quarteto. Pelas imagens e escritos,
dá para avaliar como essa viagem está
valendo a pena. É uma mescla de turismo, cultura lazer e emoção. Fico feliz ...
porque há muitos anos você já faz o
que o grande Charles Chaplin dizia:
A VIDA É UMA PEÇA DE TEATRO QUE NÃO
PERMITE ENSAIOS... por isso, cante, ria, dance, chore e viva intensamente
cada momento de sua vida, antes que a
cortina se feche e a peça termine sem aplausos.
Um beijão no coração de
Lima Trigo e Marli.

... disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
... disse...

Quero um presentinha tailandes :)
Bpm retorno
abs
Jaderson

. disse...

Que tudo os templos budistas,aff e só de ter a plaquinha do Tsunami jah da um medo neh rs.E essa cervejinha Tiger é boa? ;)