terça-feira, 8 de junho de 2010

Aparecida e as memórias papais

Ontem, segunda-feira, estive no quarto do Papa Bento XVI. E me comportei direitinho.

A APRECESP (Associação de Prefeituras de Cidades Estância do Estado de São Paulo)
( http://www.aprecesp.com.br/ ) fez um acordo com a GTTP Brasil (Global Travel and Tourism Partnership) para uma série de encontros com os responsáveis pelas políticas públicas de turismo, dessas cidades, para incrementar a discussão e treinamento na área e Aparecida foi nosso quarto encontro. Dormimos num hotel (não falo o nome porque passamos frio à noite, com um cobertor ralo num quarto gelado) mas a vista era essa acima, ótima. Às sete horas a neblina cobria a cidade.

O centro histórico de Aparecida fica no alto de uma colina, ao redor da Basílica antiga. Essa parte, em frente à Basílica nova é mais recente, mas não teve planejamento urbano.

Prefeituras do Vale do Paraíba e de Ubatuba participaram do encontro (acima, todo sorridente, nosso ex-aluno da EACH, Alexandre, que está na prefeitura de Salesópolis.
O encontro foi no belíssimo Seminário Bom Jesus, que sedia a Curia no andar térreo, alojamentos para seminaristas e terá apartamentos para hóspedes no último andar que está sendo reformado.

As salas são amplas e bem decoradas.

Os corredores longos e espaçosos, no prédio em forma de "L".

O prefeito de Aparecida, Márcio Siqueira (esquerda) e Fernando Zuppo, da Aprecesp.

A ala que está sendo reformada terá apartamentos duplos, com pé direito de quatro metros e amplas janelas com vista para os jardins do edifício.

Depois de restaurada a ala ficará assim, em grande estilo.

No primeiro andar, a reforma aconteceu para a visita de Bento XVI ao Brasil, em 2008. Essa é a sala onde ele fez as refeições.

Sua capela particular.

Um dos quadros de Cláudio Pastro, o mais famoso artista católico contemporâneo. Ele está realizando um grande projeto na Basílica nova de Aparecida, compondo murais com uma rica simbologia cristã. É parte da decoração dos aposentos papais.

O roupão do Papa em seu banheiro particular.

O lugar é aberto para visitação em alguns dias. O secretário de Turismo, Diego, foi muito gentil em providenciar a visita para nosso grupo.

Essa é a cama onde o Papa teve sonhos mirabolantes com o imaginário milenar católico.

E aqui sua saleta particular, no quarto.

Ariela tirou esta foto onde poso com ares de santidade imaculada e virginal em frente ao solene altar Papal.

Esta semana ainda tem turismo sexual (hoje à noite), uma viagem ao centro da América do Sul e no final de semana uma aventura no extremo oeste de São Paulo. Não percam. Neste blog.


3 comentários:

Mari Aldrigui disse...

Adorei!

Asmayr disse...

Oh Criatura,
Fiquei com uma dúvida: a agenda de turismo sexual da semana foi motivada pela presença nos dormitórios papais? Porque, neste aspecto, a Igreja tá bem "descolada" para usar um termo seu. Apesar de todo o seu silêncio obsequioso.
Abs

sandra disse...

ahh paris é a cidade do márcio roque nosso querido amigo...
homem santo aténo nome né.!!!

bjos

sandra rigatto