quinta-feira, 6 de dezembro de 2007

Teresina, de novo

Fui no domingo e voltei na segunda-feira. A pauta era uma reunião com o Prof. Puscas (UFPI) e a turma do Caminhos do Futuro. 24 horas intensas em Teresina. Deu para matar as saudades do Camarão do Elias, um restaurante com peixes e frutos do mar com a presença do Elias, um cara de quase 70 anos que recebe as pessoas como se estivesse em sua casa. Sua torta de caranguejo é imbatível. Conheci novidades: Madame K, na rua Angélica, 245 onde fazem uns cafés, chás e comidinhas bem legais. Comi um wrap de perú e mango chutney. Alta gastronomia.
Um programa legal foi o "Prato cheio de arte e cultura na serra da Capivara" que a UFPI organizou e implementou em alguns municípios da serra. A universidade caprichou na proposta de levar atividades culturais para a população em geral, com muita interação e participação. Assisti o DVD e trouxe para a biblioteca da USP.
Ainda matei as saudades das amigas locais, todas professoras descoladas. No almoço, antes do vôo, um escondidinho leve e saboroso em um restaurante sob árvores frondosas.
Destaque também para o hotel Íbis. Naquele calor todo, ao abrir a porta do apartamento senti que estava fresquinho. Alguém que entende de hotelaria deixou o ar ligado para recepcionar os hóspedes. Isso é serviço.

3 comentários:

Celia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Celia disse...

Prof Trigo
Fiquei satisfeita com relação ao seu comentário sobre minha terra querida, apesar de residir no Ceará, sou piauiense, e adoro minha terrinha! O Senhor tocou em algo que também me chamou atenção quando estive em Teresina, depois de 10 anos sem passear por lá. Os serviços, no hotel, no restaurante, no banco! Que bom!
Isso faz a gente ficar muito contente! O Piauí aos poucos está se destacando no cenário turístico , e um dos indicadores é a maneira gentil com que o piauiense recebe o visitante!
Célia Augusta
Prof Turismo/Fortaleza-Ceará

7 de Dezembro de 2007 18:54

Sanmya Beatriz disse...

Um comentário positivo sempre é ótimo. E vindo do Trigo é formidavél.
Gostei do "descolada".
Kiss.......