sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Guia básico para Exame de Consciência sobre o ano que passou




Preparando o ambiente 

Se você vive no Brasil, provavelmente o ano foi agitado. Se você ainda tem a sorte de trabalhar em lugares instigantes e complicados, então o ano foi uma montanha-russa de emoções, nem todas devidamente ordenadas. E ainda tem os amig@s, parentes, casos, transas, flertes, safadezas divertidas e flanadas mirabolantes pelos cantos do mundo. 

 Então, no final do ano, é bom relembrar algumas coisas, seja para celebrar e tentar repetir o bom tesão, seja para confirmar que algumas coisas devem ir mesmo para a lata de lixo da história. Enfim, o importante é tirar diversão e aprendizado (nessa ordem) de tudo que rolou. 



Melhor que falar sobre os meus melhores ou piores momentos, é você lembrar os seus próprios caminhos, opções, sensações, experiências e cultivar as memórias deste 2013, que se vai a cada segundo pelo ralo do tempo. E o que é o tempo? Ninguém sabe direito, mas já o Santo Agostinho escarafunchava conceitos e preceitos sobre essa vertente tão intocável do universo. 


 Para estimular seu tesão memorial, preparei este pequeno guia básico para fazer um Exame de Consciência sobre o ano que passou.

É só ler e responder, seja para você mesmo (os outros não tem, necessariamente, que saber tudo a nosso respeito), ou para os que merecem compartilhar fragmentos de nossos momentos. 


Lista dos destaques existenciais no ano que passou:

A coisa mais legal que aconteceu comigo: 

A(s) melhor(es) transa(s):

Uma experiência memorável (além da melhor transa): 

Um(a) verdadeiro(a) amigo(a):

Um(a) babaca ressentido(a), para eu nunca mais me relacionar:

Uma pessoa bem chata:

Uma pessoa bem legal:

Uma mala:

Uma pessoa de bem com a vida:

Um(a) ganhador(a):

Uma(a) perdedor(a): 

Um exemplo:

Um contra exemplo: 

Uma lição (aprendida): 

Uma lição (ensinada): 

Um livro: 

Um beijo:

Uma viagem:

Uma coisa engraçada:

Uma pessoa engraçada:

Uma pessoa ridícula:

Um paradoxo:

Uma contradição:

Um coice bem dado:

Um coice bem recebido:

Um dinheiro bem gasto em...

Um desperdício de tempo:

Um desperdício de dinheiro:

Uma surpresa deliciosa:

Uma critica:

Um aplauso:

Uma ilusão:

Uma confirmação:

Uma decepção:

Uma satisfação:

Algo que eu quero repetir em 2014:

Algo que eu quero repetir em 2014, 1015, 1016...:

Algo que eu não faço nunca mais (mesmo):

Algo que eu não faço nunca mais (mas não tenho certeza):

Um afeto sincero que nos encerra na paz:

O que agradecer (ao mundo, às pessoas, a Deus, à natureza, aos seus delírios...):

Alguma outra coisa importante para você que eu não pensei mas deveria ter pensado: 

........................................................................................





2 comentários:

Maristela Machado disse...

Um filme, uma música, uma experiência gastronômica, a descoberta de um novo defeito/uma nova qualidade. Quem sabe?
Beijos, compadre!

Asmayr disse...

Tem uma versão reduzida? Tem muitos parâmetros.... :)